Salvaterra de Magos reúne todas as condições para se afirmar como um concelho próspero, atraente e desenvolvido. Infelizmente, do ponto de vista político, continua a ser (des)governado por uma maioria de ex-comunistas ortodoxos e mal formados politicamente. Um grupo de amigos que se aproveitou do Bloco de Esquerda para implantar uma ditadura Estalinista em Salvaterra. Lutaremos para que Salvaterra de Magos seja um concelho mais fixe. Dizemos não a esta força de bloqueio.
quarta-feira, novembro 29, 2006
SALVATERRA podia ser mais FIXE
Fotografia vendida pelo Pampilho

COISAS MAIS FIXES

Este puto é fino como as cobras da charneca. Quando ele diz que "Queremos Tipo Coisas Fixes" ele sabe o que quer na realidade. Quer as estradas do nosso concelho arranjadas. Quer as obras onde a câmara enterrou dinheiros comunitários preservadas. E não quer política de fachada!

Este puto sabe que a presidente "Anita" se prepara para apresentar aos munícipes (uma vez mais!) um caderno de obras que vai envolver milhões. É só milhões. Mas a manutenção daquilo que já foi feito é mais difícil.

Já viram como está a estrada das Janeiras de Baixo?
E algumas estradas em Marinhais e nos Foros de Salvaterra?

Ah, pois é... Isso que podia ser mais fixe.
Nós por cá continuamos FIXES obrigado.

Memo Certo
Postado por Gloriano @ 18:04   0 comments

sexta-feira, novembro 24, 2006
Tanta chuva

Coerências


Hoje cabe-me começar por elogiar uma iniciativa promovida pela CMSM que é fundamental para o desenvolvimento do nosso concelho: a intervenção em toda a zona do Rossio. Trata-se de uma zona desaproveitada durante grande parte do ano, que pode tornar-se numa âncora do nosso desenvolvimento turístico. Saúdo a iniciativa municipal. Há que ser crítico, mesmo quando isso implica reconhecer logros.


A CMSM anuncia, para o feriado do 1º de Dezembro, a inauguração de uma importante obra nos Foros de Salvaterra: o depósito elevado. Certamente que este dia ficará na história dos Foros, qual restauração de independência: o dito depósito, de 500 mil euros, vem aumentar a quantidade e pressão de água nesta freguesia esquecendo, porém, a qualidade. O grande problema da água na freguesia dos Foros de Salvaterra é a sua qualidade: turva, barrenta. E isso, parece que está provado, um simples depósito elevado nada resolverá. 500 mil euros, ou 100 mil contos, para nada, ou quase.


Enfim, tanta crise tanta crise mas o executivo vai arranjando uns trocos para pagar processos judiciais de total perseguição política. Disso ninguém fala.


O deputado da nação anda, cirandando. Este governo, o seu governo, está a provar ser tão mau ou pior do que os seus antecessores. Sócrates está a ter coragem para fazer tudo o que de mau não se atreveram Durão Barroso nem Guterres. Estes dois fugiram. Sócrates, firme e hirto, enfrenta o descontentamento geral dos portugueses. Faz um bom trabalho aos amigos do Guterres: ao criar mais pobreza cria também maior necessidade da caridade que tão bem publicita Guterres. Eu, se fosse do CDS-PP (cruzes canhoto), estaria preocupado com esta ingerência no seu terreno favorito.

Postado por Dominguetos @ 21:43   3 comments

Ser ou não ser anónino...
" "Mari Joana"
Era a senhora que registava os miúdos no Registo Civil. Não aceitava qualquer nome, por isso em Salvaterra existem Maneis, Joões, Zés. Glorianos, Rubis e Dominguetos não há." Este pequeno texto foi retirado do blog
www.onaviofantasma.blogspot.com.
O Sr. lembra-se do tempo antes do 25 de Abril?
Pois é, é assim que se vive aqui. Quem tem ideias opostas é censurado, é perseguido. É posto de parte. Então, temos de andar calados ou então mostrar a revolta de forma anonima, representamos uma parte significativa da população.
E o Sr. diz-me: Mas a Sra Presidente ganhou as eleições, e eu respondo, sim é verdade.
E sabe porque? Favores, promessas, etc, etc...
E ainda digo que "de mal a menos" , mas pessoas tem medo de ficar pior, então para não correr riscos é melhor ficar na mesma...
Eu e todos os outros colaboradores anonimos temos vontade de dar a cara, dizer que estamos aqui, sim sou eu e depois? Só que quando isso acontecer, sabemos que vai ser duro, secalhar alguns iriam perder o emprego, e depois?
Temos de pensar antes de agir. Nem todos temos as costas quentes.
Eu entro na Câmara e sinto um "zum zum", e penso, se esta gente soubesse que sou eu o que me acontecia??? Secalhar era degolada!!!
Rubi
Postado por Rubi @ 16:38   3 comments

quinta-feira, novembro 23, 2006
Gostar de Luta Política a sério!
DEMOCRACIA E VERTICALIDADE

O camarada Nelson Guerra (Sim camarada! Porque é disso que se trata) no seu Blogue www.onaviofantasma.blogspot.com, num Post intitulado "Independências" escreve o seguinte sobre a minha pessoa:
«(...) Ao olhar para o http://www.salvaterraefixe.blogspot.com/ reparo que desde o post em que o Zé Peixe denuncia que está a decorrer um processo contra si, movido pela Presidente da Câmara Municipal de Salvaterra de Magos, os seus colaboradores desapareceram do mapa. Acabaram-se os temas ?
Zé, parece-me que já deves sentir falta da luta política a sério. E se tu gostavas disso !».
E a minha resposta é muito breve:
É verdade que sinto falta da luta política a sério. É verdade que eu gosto de luta política a sério. Mas também não deixa de ser verdade que o partido político onde eu militei durante anos (com quotas em dia!) me desiludiu bastante nos últimos anos. E também é verdade que a concelhia desse mesmo partido me provocou um desânimo muito grande.
Durante anos pensei que o Partido Socialista defendia ideais de esquerda e que era um partido democrata. Nos últimos anos de militante percebi que não. Há um núcleo duro e fechado que decide e o resto são trocos. Como diz o brasileiro, "eu não estou nem aí!".
Dei a cara como cabeça de lista do PSD (Independente) nas últimas eleições autárquicas pela minha freguesia. Fui à luta. Fiz campanha de porta a porta. Falei com os meus conterrâneos. Percebi quais os problemas da minha terra. Combati o Bloco de Esquerda de peito aberto. Criei muitos inimigos na ala socialista e não só.
Como o povo da minha terra não me deu os seus votos, aceitei o sufrágio de cabeça erguida. Jamais rastejarei estilo de verme atrás do poder. Perdi as Eleições mas não perdi a dignidade enquanto pessoa. A Democracia é isto mesmo. Existem outros que não podem dizer o mesmo!
Sobre o facto de os meus colaboradores terem medo de processos judiciais isso é outra conversa. Cada um fala por si. E eu, na qualidade de Editor deste Blogue, assumo este espaço como uma força de oposição ao "falso" Bloco de Esquerda que tem a maioria na Câmara Municipal de Salvaterra de Magos. Nunca tive medo dos tribunais nem dos processos judiciais.
Postado por José Peixe @ 15:36   8 comments

terça-feira, novembro 21, 2006
DENÚNCIA: Água Imprópria nos Foros de Salvaterra


ÁGUA IMPRÓPRIA PARA CONSUMO
NOS FOROS DE SALVATERRA

De um blogger natural da freguesia dos Foros de Salvaterra recebemos a seguinte Informação:

Caros amigos do "Salvaterra é Fixe", a água da rede pública nos Foros de Salvaterra está imprópria para tudo o que a agua devia de servir: está castanha. Como é que as pessoas podem tomar banho com água desta cor ? Como é que as pessoas podem cozinhar com a água neste estado ? Os estabelecimentos públicos tem prejuízos enormes com esta situação e com os vários cortes de água que já vem sendo habito.
É um problema que se arrasta há cerca de dez anos. Mas nestes dois ultimos meses tem sido terrível para quem consome desta água.
A Câmara de Salvaterra de Magos e a junta de freguesia dos Foros de Salvaterra não tem solução para este problema? Dizem que vão resolver mas não resolvem nada.
As pessoas não têm que pagar água neste estado porque está imprópria para consumo!
Mas o mais grave é que o depósito elevado de águas está construido no mesmo sítio do problema, vai ser alimentado do mesmo furo que já tem a água neste estado e que se encontra no meio das fossas da Junta de Freguesia, da Comissão de Festas e do Posto Médico.
Esta cor acastanhada que tem a água será do ferro ou também de alguma infiltração dessas mesmas fossas?
Alguém da Câmara Municipal de Salvaterra de Magos poedrá responder a esta questão pertinente do cibernauta dos Foros de Salvaterra?
Ficaremos a aguardar.
Postado por José Peixe @ 11:38   2 comments

sábado, novembro 18, 2006
Quem paga os processos judiciais da "Anita" ?
ASSIM TAMBÉM EU METIA
PROCESSOS A TODA A GENTE
A presidente da Câmara Municipal de Salvaterra de Magos, Ana Cristina Pardal Ribeiro, resolveu apresentar uma queixa no Ministério Público, em Benavente, contra a minha pessoa, na qualidade de Editor do Blogue "Salvaterra é Fixe", tendo como seu defensor oficial o mediático advogado Celso Cruzeiro, de Aveiro. O ilustre advogado que defendeu o ex-deputado socialista Paulo Pedroso, nos escândalos sobre a Casa Pia.
Afinal o que pretende a senhora presidente com esta acusação?
Intimidar-me. Calar-me enquanto opositor. Isso nunca.
Quem vai pagar as custas a este defensor tão mediático?
A Câmara Municipal de Salvaterra. Ou seja, com o dinheiro de todos nós.
Diz a senhora Ana Cristina Pardal Ribeiro que pretende saber quem foi o colaborador que escreveu os Posts, durante a última campanha eleitoral autárquica, com o pseudónimo de "Forcado Amador".
É caso para dizer que a senhora Ana Cristina Pardal Ribeiro tem a memória curta.
Já se esqueceu dos tempos em que ela era o rosto da oposição e utilizava o jornal "O Campino" , para atacar o executivo camarário de então. Já se esqueceu dos pseudónimos que utilizou nos tempos em que o Partido Socialista governava com maioria absoluta, na autarquia salvaterrense. Já se esqueceu dos tempos em que lhe demos voz e guarida mediática, enquanto opositora comunista. Já se esqueceu dos momentos em que nos confidenciava as suas angústias políticas. Já se esqueceu do "Moço Forcado" . Enfim, já se esqueceu...
A senhora presidente tem o hábito de se vitimizar por tudo e por nada. Mas desconheciamos em absoluto que olvidasse os tempos em que fez oposição a António Moreira e a Gameiro dos Santos.
O "Forcado Amador" , nas últimas eleições autárquicas, acabou por "vestir" a pele que a Ana Cristina Pardal Ribeiro, tantas vezes utilizou no passado. O "Forcado Amador" é um Camarada (não arrependido!) que durante muitos anos conviveu com a actual presidente da Câmara Municipal de Salvaterra. É alguém que a conhece muito bem.
E quais são os crimes que o "Forcado Amador" cometeu?
Os mesmos que Ana Cristina Pardal Ribeiro cometeu no passado, enquanto opositora.
Ou seja, o "Forcado Amador" e o seu cavalo "Faísca" apenas emitiram opiniões sobre os diferentes candidatos e a campanha política que esteve ao rubro. Nada mais do que isso.
Acabaram-se as eleições autárquicas e o "Forcado Amador" saiu de cena. Voltou para a Lezíria no seu cavalo "Faísca" e neste momento, limita-se apenas a cuidar das vacas bravas e dos toiros nos campos da Companhia das Lezírias.
Sempre que acontecem eventos tauromáquicos em Salvaterra de Magos, ou nas redondezas, o "Forcado Amador" faz questão de marcar presença. Mas recusa-se a participar nas vacadas políticas que têm lugar no nosso concelho. Talvez esteja a preparar-se para as próximas eleições autárquicas.
Na qualidade de Editor deste espaço comunicacional electrónico dei liberdade para o "Forcado Amador" escrever as suas crónicas de campanha. A mesma liberdade que dei a Ana Cristina Pardal Ribeiro, nos tempos em que fui director do jornal "O Campino". É ou não verdade que durante a campanha eleitoral surgiram muitos Blogues no concelho de Salvaterra de Magos, para me atacar de forma cruel, cobarde e sempre protegidos na base do anonimado.
Porque não juntou a senhora presidente esses Blogues na queixa que fez ao Ministério Público?
Desapareceram. Foi só para atacar durante a campanha. A célebre técnica do bate e foge!
A diferença é que logo a seguir às eleições esses espaços desapareceram sem deixar rasto. Os canalhas sem rosto e rancorosos perderam o pio. O "Salvaterra é Fixe" continuou o seu caminho sem medos nem rodeios. Assumindo-se como um espaço opositor a esta força de bloqueio liderada por Ana Cristina Pardal Ribeiro. Continuamos a ter um rosto. Não temos medo dos processos da senhora presidente Ana Cristina Pardal Ribeiro.
Jamais revelaremos a identidade do "Forcado Amador" . Isso nunca! Ao abrigo do n.º 6 do Código Deontológico dos Jornalistas:
- (...) O jornalista não deve revelar, mesmo em juízo, as suas fontes confidenciais de informação, nem desrespeitar os compromissos assumidos, excepto se o tentarem usar para canalizar informações falsas.
Quem paga as custas de todos os processos que a senhora presidente tem em tribunal?
Do bolso da senhora presidente não é. Muito menos dos cofres do Bloco de Esquerda. Por isso, enquanto os cofres da autarquia forem permitindo estes esbanjamentos, a senhora presidente Ana Cristina Pardal Ribeiro, vai-se entretendo a acusar pessoas no Ministério Público e entupindo o Tribunal Judicial de Benavente com processos que não passam de autênticas perseguições políticas.
José Peixe
Postado por José Peixe @ 17:57   6 comments

quarta-feira, novembro 15, 2006
Ser Pobre...
O QUE É SER POBRE !
Um pai, bem na vida, queria que o seu filho soubesse o que é ser pobre, e levou-o a passar uns dias com uma família de camponeses.
O menino passou 3 dias e 3 noites a viver no campo. No carro, ao voltar para a cidade, o pai perguntou:
Então filho - Como foi a experiência?
Boa, responde o filho, com o olhar perdido à distância.
E o que é que aprendeste? Insistiu o pai.
1 - Que nós temos um cachorro e eles tem quatro.
2 - Que nós temos uma piscina com água tratada, que chega até metade do nosso quintal, eles tem um rio sem fim, de água cristalina, onde tem peixinhos e outras belezas.
3 - Que nós importamos lustres do Oriente para iluminar o nosso jardim, enquanto eles tem as estrelas e a lua para iluminá-los.
4 - O nosso quintal chega até ao muro. O deles chega até ao horizonte.
5 - Nós compramos a nossa comida feita, eles cozinham-na.
6 - Nós ouvimos CD?s... Eles ouvem uma perpétua sinfonia de pássaros, periquitos, sapos, grilos e outros animaizinhos...tudo isso às vezes acompanhado pelo sonoro canto de um vizinho que trabalha na terra.
7 - Nós usamos microondas. Tudo o que eles comem tem o glorioso sabor do fogão a lenha.
8 - Para nos protegermos vivemos rodeados por um muro, com alarmes... Eles vivem com as portas abertas, protegidos pela amizade dos vizinhos.
9 - Nós vivemos ligados ao telemóvel, ao computador, à televisão. Eles estão 'ligados' à vida, ao céu, ao sol, à água, ao verde do campo, aos animais, às suas sombras, à sua família.
O pai ficou impressionado com a profundidade de seu filho e então o Filho terminou:
- Obrigado, Pai, por ter me ensinado o quanto somos pobres!
Cada dia estamos mais pobres de espírito e de observação da Natureza, que são as grandes obras de Deus.
Preocupamo-nos em TER, TER, TER, E CADA VEZ TER MAIS, em vez de nos preocuparmos em SER.
Rubi
Postado por Rubi @ 17:22   6 comments

terça-feira, novembro 14, 2006
Honestidade: perversão do conceito
Honestidade. Modéstia, decoro, compostura. E honesto: decente, probo, casto, honrado, virtuoso, digno, convincente.

Digam-me vocês: em quais destes atributos se baseia o Bloco de Esquerda para qualificar a gestão salvaterrense de honesta? Devem estar a ter a mesma dificuldade que se tem quando se procura no vazio, no escuro.

Para a máxima responsável pelo governo local de Salvaterra de Magos, a sua suposta honestidade vem do rigor que impõe ao urbanismo, e das «mãos-limpas», sem aceitar subornos.

Lembram-se do caso da Área de Serviço de Marinhais? Pois bem, quando estiver esclarecida a razão de proprietários/afectados e respectivos benefícios/indemnizações, então aí falamos de honestidades.

Então, em que se baseará o tal partido para continuar a dar cobertura à actual equipa que desgoverna o nosso concelho? Será pelo «não-rumo» que lhe é publicitado?

Todos se lembrarão da visita de Jorge Sampaio a Salvaterra, há coisa de um ano. Foi-lhe mostrado o Escaroupim, tendo antes passado pelo Museu do Rio/Centro de Interpretação Ambiental do Cais da Vala. Às suas generosas palavras foram-se acrecentando discursos ambiciosos, politicamente correctos, ousados e corajosos, pensava eu. A mandatária local mostrou ao mandatário nacional que o nosso futuro era o turismo sustentável. Sonhámos...

Longe vão essas palavras. De aí em diante os cidadãos salvaterrenses não terão visto nem rasto do que foi dito. Como o Dr.Sampaio não viu a Praia Doce, obra emblemática da actual equipa governativa, nem a lixeira do Cais da Vala, nem o depósito de água-choca ali mesmo ao lado da Ponte da Vala.

Honestidade? Honesta?
Postado por Dominguetos @ 09:07   1 comments

domingo, novembro 12, 2006
O PS de Sócrates não é de Esquerda
SÓCRATES NÃO CONVENCE

OS MILITANTES DE BASE

Durante do XV Congresso do Partido Socialista, que teve lugar este fim de semana em Santarém, José Sócrates quis vestir a pele do capitão Salgueiro Maia no seu discurso inaugural, mas as "tropas de base" do PS acham (e muito bem!), que esta maioria governativa é tudo menos de esquerda e que as políticas reformistas estão a deixar a classe média baixa num miserabilismo aflitivo nunca visto.
Manuel Alegre e Helena Roseta (mais uma vez!) compareceram no Congresso em representação dos militantes que não têm voz no PS de José Sócrates. Estiveram na tribuna, sem medo e disseram tudo aquilo que tinham para dizer ao primeiro ministro.
O poeta recusou o convite de José Sócrates para integrar os ógãos nacionais do Partido Socialista e disse-lhe olhos nos olhos e sem rodeios que " as grandes manifestações só acontecem quando as pessoas estão zangadas e descontentes".
A arquitecta Helena Roseta, ao defender a moção "Solidariedade e Cidadania" quis deixar bem claro que o PS não está a governar à esquerda e que a "Assembleia da República deverá aprovar a despenalização do aborto se o referendo não for vinculativo". Sobre as últimas eleições presidenciais, onde Cavaco Silva acabou por vencer com uma esmagadora maioria, Helena Roseta deixou um conselho ao secretário geral do PS: "Meu caro José Sócrates, por favor não voltem a escolher candidatos sem ouvirem os militantes". Sócrates ouviu e calou.
Uma coisa é certa, este congresso dos socialistas apenas serviu para comprovar uma coisa que todos os portugueses já sabiam: este Governo não é de Esquerda e José Sócrates também não.
Postado por José Peixe @ 10:30   0 comments

Bom Fim de Semana!!

Se queres ser feliz amanhã,
tenta hoje mesmo.
(Liang Tzu)
Postado por Rubi @ 00:31   0 comments

sexta-feira, novembro 10, 2006
Palavras para quê ?

ECOPONTOS NA GLÓRIA
Postado por Gloriano @ 07:45   2 comments

quarta-feira, novembro 08, 2006
Mais um...

Na madrugada de quarta-feira (8 Novembro), por volta das 4.30, mais um condutor bateu neste lindo passeio.
Esta obra de arte situa-se em Marinhais, na Estrada Principal 367, depois da Passagem de Nivel, na direcção Marinhais-Gloria do Ribatejo.
A foto, mostra o óleo derramado pelo carro, onde bateu e mais à frente, onde parou. O carro ficou avariado, ou seja, não andou mais. Os Bombeiros e a GNR deslocaram-se ao local pela manha, para lavar a estrada e rebocar o automovel.
Não é o primeiro, nem o segundo, nem o terceiro, nem o ultimo carro a bater naquele local. Este foi o mais grave.
Tudo isto para dizer que não era necessário aquele "bico" na estrada, não faz sentido, está mal e todos dizem que está mal.
O loteamento foi feito e o projecto aprovado, todos alertaram.
Moradores falaram com a Câmara de Salvaterra e a Câmara diz que o assunto é da Junta Autonoma de Estradas (JAE), então, falou-se com a JAE e estes dizem que o problema tem de ser resolvido com a Câmara Municipal. Assim tipo um jogo de "ping-pong".
Afinal quem resolve o problema?
Os condutores ficaram com os carros partidos.
Os moradores (que quase todos já la bateram!) dizem que de noite partem aquele "bico" com uma marreta.
E depois?
Quem será o próximo?
Rubi
Postado por Rubi @ 19:34   6 comments

Construindo...
Democracia Participativa

ANTÍTESES

Parece um exercício de relax daqueles que vem no jornal: descubra as diferenças. Só que, de tão fácil, perde o interesse. Explico.

Para quem ler as teses autárquicas do Bloco de Esquerda e as comparar com a prática autárquica deste partido em Salvaterra pode parecer estar perante algum texto dos Gato Fedorento. É que, entre o texto bloquista, refundador de esperanças em parte da esquerda nacional, e a prática salvaterrense, não há nada, a não ser o nome em rodapé, em comum. Não há respeito por minorias. Não há respeito pelo meio natural. Não há preocupações ambientais. Não há aprofundamento de debate. Não há democracia participativa. Há todo o invés. Em Salvaterra, o executivo BE rejeita a democracia participativa. Quem ousar questionar as ideias e atitudes do executivo é fulminantemente arrumado. É uma prática que só cria amarguras desnecessárias, conflitos artificiais, quando deveria haver uma prática reconciliadora, democrática. A democracia participativa não entrou em Salvaterra. E slogans bloquistas como “A democracia está a passar por aqui” só provacam o riso e a indignação. Vê-se que conceito de democracia têm...

A intolerância ideológica. O racismo. A homofobia. O autoritarismo. Aqui estão algumas das antíteses com o programa oficial do BE.

A intolerância ideológica: nenhuma ideia contrária é aceite. O autor dessa ideia será perseguido. Prática corrente em Salvaterra.

O racismo: a comunidade cigana é, há tempos, objecto de perseguição por parte deste executivo. A comunidade imigrante brasileira não é vista com bons olhos.

A homofobia: o máximo representante do executivo salvaterrense foi já alvo de queixas, por parte de associações de defesa dos direitos das minorias sexuais, por desconsideração e declarações homófobas. O BE de Lisboa consentiu e calou.

O autoritarismo: é a postura mais comum, a postura do dia-a-dia, no município salvaterrense. Vem já de há longos anos, tendo sido uma das razões da retirada de confiança política do pasado.

Então, como conseguiram, há um ano, revalidar a maioria absoluta?

1º Uma oposição profundamente dividida dividiu os votos e confundiu o eleitorado.
2º O clientelismo do executivo: trocas de favores por votos, de votos por empregos, enfim, a prática autárquica mais clientelar ao serviço de uma nova maioria.
3º A lembrança de obra feita: aqui é inegável o facto de o executivo ter feito muito do que havia para fazer, e que o PS não fez em 20 anos. Todavia, a obra feita não é nem deve ser um cheque em branco para o poder absolutista.

As teses do BE são, assim, contrariadas.

Antítese: oposição de sentido entre dois termos ou duas proposições; oposição; coisa contrária; o contrário; em Kant: proposição negativa das antinomias da razão pura. (Do grego antíthesis, «oposição» pelo latim antithese.)
Postado por Dominguetos @ 08:38   8 comments

terça-feira, novembro 07, 2006
Quebra, volta que tás perdoado!
VOLTA QUEBRA TÁS PERDOADO

Ó Quebra, qual é a tua cena meu? Então também resolveste quebrar a tua colaboração? Porquê pá? Até parece que tu tás feito com o Jeremias e toda aquela seita do Margem Esquerda. Ou recebeste ordens da "Anita" para te pôres ao fresco da Blogosfera.
Ouve, na imaginas a Quebra que isso vai provocar no nosso concelho meu!
A sério. Muito a sério memo. Ó pá repensa lá a cena e volta pá.
Já viste a mágoa que provocaste ao camarada Pampilho meu? Reparaste como ele deu a Notícia?
Pois é pá. Isso na pode ser. Tens que voltar à actividade meu. Pede um comprimidinho daqueles azuis ao Pampilho. Anda lá meu, na sejas fatela tás a ver!
Lá que o Jeremias (ou seja o Romão!) tenha feito um interregno, isso na quer dizer que tu sigas o rasto desse verme. Sei que vás ter este Post em consideração!!
Memo Certo
Postado por Gloriano @ 19:02   2 comments

Telefonemas, Contactos, Sussurros, Desconfianças...
TEORIA DA CONSPIRAÇÃO

Últimas 40 horas horas nos bastidores da Câmara Municipal de Salvaterra:
Muitos telefonemas, contactos e mais contactos, sussurros, desconfianças e muitas teorias da conspiração. Nem imaginam...

Memo Certo
Postado por Gloriano @ 11:53   0 comments

Qual é o Representante da "Margem Esquerda"?
Fotografia Exclusiva do Pampilho

QUEM É CAPAZ DE ADIVINHAR

Chegou a vez de propor aos visitantes do "Salvaterra é Fixe" um desafio curioso e interessante:

- Afinal qual destas BESTAS está em representação do Blogue "Margem Esquerda" e do "Blogue Marginal"?

Posso dizer-lhes que a BESTA do Jeremias também se encontra aqui.

O ALIMAL que tava em representação da Câmara de Salvaterra, cansou-se de esperar e foi dar uma volta. Tamém era fácil de adivinhar quem era ele, porque era a única BESTA castanha.

O malandro do Pampilho sabe quem é quem, mas nem às paredes confessa.


Postado por Gloriano @ 08:33   2 comments

domingo, novembro 05, 2006
Jovens em alta
"No âmbito do programa educativo o Ambiente é de todos - vamos usar bem a energia, a EDP entregou no dia 23 de Outubro, no Museu da Electricidade em Lisboa, quatro prémios, que decorrem do concurso sobre eficiência energética, que lançou às escolas do 1º e 2º ciclo do Ensino Básico, no ano lectivo de 2005-2006.
Quatro escolas a nível nacional foram premiadas pelos seus projectos, após uma selecção do júri constituído pelos parceiros do programa educativo da EDP.
O sucesso de adesão por parte das escolas contactadas, no ano piloto do projecto - ano lectivo 2005-2006 - foi tão grande que abrangeu um universo de cerca 44 000 alunos e 5 000 professores, tendo as expectativas do programa sido ultrapassadas. As escolas responderam ao desafio de forma significativa, com projectos estruturados de forma transversal e que envolvem as suas comunidades locais. A eficácia da mecânica desenvolvida, os materiais de apoio, assim como, o facto de as escolas terem já uma consciência para a temática, fizeram com que os conselhos executivos tivessem considerado o projecto de tal forma importante que resolveram adoptá-lo como um projecto transversal à organização. A avaliação feita pelos professores aderentes no final do ano, considerou em 83% que o projecto era bom e muito bom; que 80% dos alunos alteraram os seus comportamentos; e 90% afirma que a escola trabalhou de forma transversal o projecto, o que contribuiu para uma maior eficiência energética."
O 1º prémio relativo ao 1º Ciclo do Ensino Básico foi entregue à Escola do 1.º Ciclo de Glória do Ribatejo, que foi premiada com 35 000 euros.
O futuro está nas mãos das crianças, podemos ter esperança, pois das crianças do nosso concelho prometem.
Coloquem os olhos nas nossas crianças.
Também, a Escola Profissional de Salvaterra de Magos, encontra-se em Itália, para mais uma vez representar Portugal, desta feita o Ribatejo. Estamos a torcer por vocês, para que tudo corra bem.
Podemos ver que nem tudo é mau.
Desta vez o nosso concelhos está de parabéns, e os nossos jovens também.
Rubi
Postado por Rubi @ 17:45   5 comments

Alves Redol e a sua paixão pela Glória do Ribatejo
A GLÓRIA QUE O ESCRITOR

SENTIU E VIVENCIOU

Para recordar com algum orgulho e emoção:

«(...) Na sua índole o Gloriense é reservado e frio ao primeiro contacto, mas franco e acolhedor, hospitaleiro e bom, se mais na alma lhe penetramos.
(...) Não há dúvida que o que primeiro ressalta aos olhos de quem vê caras e não cuida de corações são os defeitos. As qualidades do povo, quantas vezes, só se elevam depois de contacto mais íntimo, e ainda se o observador possui qualidades de insinuação que façam abrir o repositório das jóias fulgentes e raras da sua alma nobre. É claro que o Gloriense terá senões. Mas já Ramalho Ortigão dizia que "cada um tem os defeitos das suas virtudes e as boas qualidades dos seus defeitos".
De começo fui recebido com certa antipatia - porque não devo confessá-lo?
(...) passados os primeiros momentos, de quanto carinho me vi rodeado? Facilidades, sugestões, ofertas...
Tudo que pretendi me foi possível conseguir.»

ALVES REDOL
in Glória Uma Aldeia do Ribatejo pp. 44-45
Postado por José Peixe @ 12:40   0 comments

sábado, novembro 04, 2006
Glória do Ribatejo - Homenagem a Alves Redol


GLÓRIA ETERNA

A ALVES REDOL

Sobre a Glória do Ribatejo, no segundo semestre de 1937, ao publicar "Glória Uma Aldeia do Ribatejo", o escritor ALVES REDOL, escreveu o seguinte:

- «No concelho de Salvaterra de Magos, por aquela estrada cabisbaixa que une Marinhais a Coruche, está a Glória. Não conheço em todo o Ribatejo percorrido, aldeia que irradie mais simpatia por atributo próprio. E

Emoldurada por campos áridos, onde o seixo é como espiga em seara basta, não a alinda vegetação farta e ébria de cores, fio de água a murmurejar, galgando de monte, ou, ou a toalha azul do Tejo marcada de mouchões e velas».

Passados 69 anos da edição da obra que ficou para sempre na memória e nos corações dos glorianos, a população desta vila, por intermédio da Junta de Freguesia decidiu fazer uma justa homenagem a Alves Redol. Finalmente o povo gloriano decidiu dar Glória Eterna a Alves Redol, que a partir de hoje ficará na nossa terra para sempre. Hoje, é um dia muito especial para a vila de Glória do Ribatejo.

O busto do escritor vilafranquense ficará na Glória do Ribatejo, no Largo D. Pedro I, para sempre.

José Peixe

Postado por José Peixe @ 09:00   0 comments

sexta-feira, novembro 03, 2006
Humor - Homenagem ao Forcado Amador e "Faísca"

"ANITA" HOMENAGEIA FORCADO AMADOR

Amanhã, depois de inaugurar o Mercado Diário de Salvaterra de Magos, a presidente "Anita" deslocar-se-á até à Rotunda da vila para prestar homenagem ao "Forcado Amador" e ao equídeo "Faísca". Francisco Louçã não pode estar presente mas faz-se representar na cerimónia oficial pelo presidente da Junta de Freguesia de Salvaterra de Magos, o ex-camarada ortodoxo e estalinista, João Nunes.

Comparece! Não Faltes! Manda recado a todos os Bloquistas do concelho.

Memo Certo.

Postado por Gloriano @ 12:55   0 comments

quinta-feira, novembro 02, 2006
A Estação de Serviço da A13 em Marinhais
Continuando a construção de um concelho alternativo:

Lembrei-me de uma das obras mais esperadas e que trouxe alguns postos de trabalho para o nosso necessitado concelho. A Estação de Serviço da A13, que foi construída em Marinhais. Ela criou algumas dezenas de postos de trabalho. Todos esperamos e desejamos o seu êxito.

Pelo menos até ao momento, parece que o negócio está a correr às mil maravilhas.

Esperamos, igualmente, que as pessoas afectadas pela sua construção sejam devidamente indemnizadas. Isso trará uma boa fonte de receitas para algumas famílias da zona, nomeadamente as proprietárias de terrenos sitos na área que foi abrangida pela Estação de Serviço.

E claro está, caso hajam nomes sonantes entre os proprietários afectados e indemnizados, será uma feliz coincidência para estes...

Ou não!



Postado por Dominguetos @ 12:43   1 comments

quarta-feira, novembro 01, 2006
Humor - As Cheias na Lezíria Ribatejana
Fotografia GENTILMENTE cedida pelo PAMPILHO

AFINAL ERA UM VEREADOR

Agora é que foi! A pessoa passou-se filha. Então na tão memo a ver que a pessoa na tem perceber nenhum. Nem perceber nem duairo. Se calhar cmeu qualquer coisa estragada coitadinho. Ele na regula é bem da cabeça.
Independemente de todas as críticas que me possam fazer na Gloira, Cocharro e arredores, quero afiançar-lhes meus caros blogueiros, bloguistas e cibernautas virtuais que afinal de contas a imagem que nos cedeu o Pampilho, retrata (Memo Certo) o momento em que dois agricultores salvaram um vereador de uma autarquia das nossas redondezas.
Atão na é que o home ia murrendo afogado na Vala de Benavente!
Quem é que o mandou ir viver pra Benavente? Ficasse sossegadinho no nosso concelho.
Armou-se em chico esperto e olha...
Postado por Gloriano @ 09:00   0 comments


Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Num concelho onde não existem órgãos de Comunicação Social este Blogue pode ser importante para dar voz aos que não têm voz política em Salvaterra de Magos.
Afinal de contas onde está a Democracia participativa tão apregoada pela presidente Ana Cristina Pardal Ribeiro "Anita" nas últimas Eleições Autárquicas?
O que é feito das outras forças partidárias que prometeram fazer oposição séria e desmascarar os "podres" que existem dentro da autarquia?
É que as perseguições políticas continuam na Câmara Municipal de Salvaterra de Magos e o compadrio político também!
Por isso mesmo, faz todo o sentido a existência deste espaço comunicacional aberto e lutar por um concelho mais desenvolvido.
É muito importante combater o atrofiamento provocado pelo "Anitismo".


Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
José Peixe - Editor


"A evolução do humano não é obra exclusiva da natureza.
Com a cultura e a capacidade de transmitir conhecimentos de geração em geração o humano é também um produto evolutivo de si próprio."

Moura, Leonel,
Jornal de Negócios
em 20070530
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

ÚLTIMOS POSTS EDITADOS
ARQUIVO DE POSTAGENS NO BLOGUE
COMO PARTICIPAR NO BLOGUE
MEDIA NACIONAIS
MEDIA INTERNACIONAIS
INFORMAÇÕES GOOGLE
PESQUISAS NA WEB
BLOGUES EM DESTAQUE
BLOGUES DA GLÓRIA DO RIBATEJO
COLABORADORES DO BLOGUE
CRÉDITOS

Free Blogger Templates

Powered by Blogger

Bravenet.com
Photobucket.com
Clocklink.com
Dani R
(ajuda básica)